Seg./Sex. 8h às 20h - Sab. 8:30h às 12:30h

Câncer de Próstata

O que é o câncer de próstata?

O câncer da próstata é um tumor maligno na próstata. Há diversos estádios e o seu tratamento e evolução vão depender das características específicas do tumor e da experiência da sua equipa médica. Deverá discutir com o seu médico a melhor opção para a sua situação individual.

A maioria dos cânceres da próstata desenvolvem-se lentamente e não causam sintomas. O câncer da próstata de crescimento rápido é menos comum. O risco de câncer da próstata aumenta com a idade. A idade média para o diagnóstico é de 69 anos.

Devido aos avanços dos métodos de diagnóstico e ao aumento da expectativa de vida, hoje detectam-se mais casos de câncer da próstata. Esse tumor é o câncer mais comum dos homens idosos no Brasil. A taxa de sobrevivência para o câncer da próstata na Europa é relativamente alta, e ainda está subindo.

Quais são os estágios da doença?

Há diferentes estágios de câncer da próstata. Se o tumor estiver limitado à próstata e não se propagou, é chamado de câncer da próstata localizado. No câncer da próstata localmente avançado, o tumor alastrou para fora da próstata para os tecidos vizinhos como as vesículas seminais, o colo vesical ou os gânglios linfáticos em volta da próstata. Os médicos referem-se a doença metastática se o câncer alastrou para os gânglios linfáticos distantes ou para outros órgãos.

Quais são os fatores de risco?

Existem diversos fatores de risco conhecidos para o câncer da próstata, dos quais a idade é o mais importante. O câncer da próstata é raro em homens mais jovens até os 40 anos e desenvolve-se geralmente acima dos 65 anos. Uma história familiar de câncer da próstata aumenta o risco.

Este tipo de câncer é mais frequente em homens afrodescendentes, e menos frequente em homens de ascendência asiática. Ainda não se sabe por que existem estas diferenças. Ingerir mais carne e laticínios pode aumentar o risco de câncer da próstata, mas isso ainda está sendo investigado.

Qual o papel dos hormônios no crescimento das células do câncer da próstata?

Um tumor desenvolve-se quando as células começam a crescer mais que o normal. O crescimento das células do câncer da próstata está ligado aos hormônios sexuais masculinos, chamados androgênios. A testosterona é o androgênio mais importante. Os androgênios são produzidos quase exclusivamente nos testículos.

Câncer da próstata localizado

Se foi diagnosticado com câncer da próstata localizado, o seu médico pode recomendar o tratamento com uma abordagem conservadora, prostatectomia radical, radioterapia, ou novas técnicas experimentais. Cada tratamento tem as suas vantagens e desvantagens. A escolha vai depender da sua situação individual.

O que é o câncer da próstata localizado?

Câncer da próstata localizado significa que o tumor está limitado à próstata, e não alastrou para outras partes do corpo. Pode ser um tumor T1 ou T2, dependendo das dimensões e da localização na próstata.

T1 significa que o tumor é demasiado pequeno para ser palpado no toque retal (TR) ou em exames comuns de imagem. Os tumores T1 são confirmados por biópsia e classificados com a, b, ou c, dependendo da análise do patologista.

Um tumor T2 significa que pode ser palpado durante o TR, mas ainda está limitado à próstata. O seu médico vai também classificá-lo como a, b, ou c, dependendo das dimensões e se envolve ou não um ou mais lobos da próstata.

Quais são as opções de tratamento?

O tratamento mais indicado vai depender:

  • Das características do tumor
  • Da sua história clínica
  • Da sua idade
  • Dos tratamentos disponíveis no seu hospital
  • Das suas preferências pessoais
  • Da rede de apoio disponível para si

Na abordagem conservadora o médico monitoriza o tumor e o crescimento deste, recomendando tratamento adicional quando necessário. Este tratamento está geralmente indicado quando o tumor tem um baixo grau de Gleason.

As opções de tratamento mais frequentes para o câncer da próstata localizado são a abordagem conservadora, prostatectomia radical e radioterapia.

1) Abordagem conservadora

A abordagem conservadora é o tipo de tratamento em que a progressão da sua doença é cuidadosamente monitorizada. No câncer da próstata, tal poderá consistir em vigilância ativa ou espera vigilante.

Na vigilância ativa, o médico monitoriza o tumor e o crescimento deste, através de um rigoroso calendário de consultas. Em cada uma das consultas, são realizados diversos exames, incluindo a medição do nível de antígeno específico da próstata (PSA) no seu sangue. O objetivo é passar para outras opções de tratamento se surgirem sinais de que a doença está a progredir. A vigilância ativa é um protocolo de tratamento indicado para o câncer da próstata localizado com baixo grau de Gleason. Se tiver câncer da próstata localmente avançado, serão recomendadas outros protocolos de tratamento.

A espera vigilante é uma forma de tratamento guiado pelos sintomas. O objetivo é passar para outras opções de tratamento apenas quando surgirem sintomas. O seu médico pode recomendar-lhe observação atenta se as outras opções de tratamento não forem as mais indicadas para a sua situação individual.

2) Prostatectomia radical

A prostatectomia radical é o tratamento cirúrgico em que toda a próstata e as vesículas seminais são removidas.

Como é realizada a prostatectomia radical?
A prostatectomia radical pode ser realizada por via aberta ou laparoscópica. Na cirurgia aberta, o cirurgião corta a parede abdominal ou o períneo para aceder diretamente à próstata. A próstata e as vesículas seminais são removidas, sendo bexiga e a uretra ligadas. O médico introduz um cateter para ajudar a cicatrizar a uretra e a bexiga. Geralmente, o cateter é removido 7 dias depois.

Na cirurgia laparoscópica, o cirurgião introduz pequenos tubos de plástico no seu abdómen. Através desses tubos, o cirurgião pode inserir os instrumentos necessários para remover a próstata. Um desses tubos é utilizado para introduzir uma câmara que permite ao cirurgião ver no ecrã uma imagem de elevada qualidade da sua próstata. A cirurgia laparoscópica pode ainda ser realizada com a ajuda de um sistema de cirurgia robótica.

Para a remoção de um tumor da próstata localizado com prostatectomia radical, as cirurgias aberta e laparoscópica parecem ser igualmente eficazes.

3) Radioterapia

O seu médico pode ainda recomendar a radioterapia. Este tratamento danifica e mata as células cancerosas. Este tratamento pode consistir em radioterapia externa ou em braquiterapia [radioterapia interna].

Como é realizada a radioterapia?
O objetivo da radioterapia é matar as células cancerosas na próstata. Uma vez que a radioterapia também matar as células de outros órgãos, como a bexiga, é importante que o feixe de radiação atinja essencialmente as células do câncer e limite os danos a outros tecidos. Os desenvolvimentos na radioterapia aumentaram a precisão deste feixe de radiação, permitindo assim obter uma maior dose de radiação com menos efeitos secundários.

O protocolo padrão da radioterapia externa demora cerca de 8 semanas, 5 dias por semana. Irá receber uma dose de radiação por dia. O tratamento dura cerca de 20 minutos por dia, e não precisará de ficar internado no hospital.

Antes do início do tratamento de radioterapia irá fazer uma TAC. Este exame é feito para mapear a área que vai ser irradiada, bem como o tecido circundante que não deverá ser tratado. Nos últimos anos, a radioterapia guiada por imagem tornou-se mais amplamente disponível. Neste tipo de tratamento, o radioncologista localiza a próstata de forma muito precisa com o auxílio de Raio X ou de Tomografia, para garantir que a dose de radioterapia é administrada na próstata.

4) Novas técnicas experimentais

Para além da cirurgia, radioterapia e tratamento conservador, existem outras opções de tratamento para o câncer da próstata localizado, tais como:

  • Crio-ablação da próstata (CAP)
  • High Intensity Focused Ultrasound (HIFU) [Ultrassom Focalizado de Alta Intensidade]
  • Terapêutica focal

O que é CAP?
A crio-ablação da próstata (CAP) é uma técnica experimental para tratar o câncer da próstata. É uma cirurgia minimamente invasiva em que temperaturas de congelação são aplicadas diretamente nas células tumorais para as matar.

High-intensity focused ultrasound (HIFU) é uma técnica experimental para tratar o câncer da próstata. Utiliza a energia de ondas sonoras de alta frequência para aquecer e matar as células cancerosas.

O que é terapeia focal?
Terapia focal é o termo para diversas técnicas experimentais utilizadas para destruir pequenos tumores na próstata. Uma vez que os tumores são atingidos diretamente, não há muitos danos para outros tecidos na próstata ou no trato urinário inferior.

Médico Responsável: Rodolfo Santana (CRM 152535)

Nossas Unidades

Conte com a Urobrasil para cuidar de você

Unidade Higienópolis

Unidade Tatuapé

A clínica Urobrasil possui uma infraestrutura de alto padrão para atender com qualidade e excelência pacientes particulares e de convênios. Toda equipe de urologia possui residência médica reconhecida pelo MEC (Ministério da educação).

Rua Pará, 76 | 2º and. - Cj. 21-22
São Paulo/SP
Rua Apucarana, 272 – 11° and. – Cj. 1108
São Paulo/SP
Scroll Up